domingo, 18 de dezembro de 2011

Mães de hoje!

Eu me lembro de quando era criança,
Não ficava muito na rua(minha mãe não deixava), mais quando ia sabia bem aproveitar.
Andava de patins... vários roles de bike, batendo figurinha com os meus irmãos, e até mesmo ficar conversando com os outros amiguinhos era legal.
Hoje .. as crianças já nasce falando internet, pedindo msn, e com um celular na mão.
Ouvindo musicas que iram influenciar o seu futuro, e nos o que fazemos ? 
NADA, simplesmente vemos isso acontecer e achamos normal e bonitinho.
Bom... eu não acho e nunca vou achar isso bonitinho... Mas a maioria sim.
O que é uma pena... :/


Um dia desses mesmo vi uma criança correndo com o seu amigo e a mãe reclamando, dizendo para a criança parar. Não tinha nada de mais, o lugar inclusive era aberto. Parece que as mães de hoje não estão deixando as crianças se sujarem e começarem a conhecer a vida.


Quando tiver um filho ele terá direito de se sujar, cair, e até de se machucar. Pois foi assim que aprendi realmente o que é viver, aprendi que se a gente cair algumas feridas podem ficar, mais depois elas param de doer e a gente continua a viver, mesmo com as cicatrizes.



Não foram as crianças que mudaram.
Quem mudou o mundo delas foram os adultos.
Criança é criança em qualquer tempo e lugar, só querem brincar e sorrir. 
Mas os adultos deixam?


Reflitam..

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Memórias são nossa forma de manter o passado vivo, algumas são tão dolorosas que não queremos visitá-las de novo. Mas uma memória pode ser também um presente, algo que podemos abrir constantemente pra que nos encha de felicidade.
Às vezes um momento se torna uma memória no instante que acontece. Porque é tão verdadeiro, tão puro e significativo, que você quer guardá-lo para sempre.

domingo, 4 de dezembro de 2011


Pense em uma pessoa louca, uma pessoa sem rumo, a procura de algo que ela mesma não sabe se possa existir. Pense em uma pessoa feliz, preguiçosa, brincalhona, que se finge de boba e brinca com suas próprias palavras. Pense em uma pessoa que tem sonhos, medos, desejos, e acredita que nunca é tarde demais. Pense em uma pessoa que entrega tudo de si, uma pessoa que tropeça, cai e levanta. Pense em uma pessoa chata, largada, se lixando pra opinião alheia, tentando ser feliz do jeito dela. Pense em uma pessoa ingênua, que não gosta de ser domada, e por mais que ela goste de arriscar, sempre vai esperar você correr atrás dela e surpreende-la. Pense em uma pessoa teimosa, birrenta, ciumenta e difícil de entender. Pensou? Então, sou eu.

sábado, 3 de dezembro de 2011


Sem mágoas... sem rancor... sem amor por viver... sem coisa pra fazer... nem coisas por dizer. Tudo que eu posso fazer e que só depende de mim, eu faço.

Soa como uma coisa meio egoísta, e talvez seja mesmo, mas não faria sentido viver de outra maneira.

Não guardo nada para viver na próxima vida, não sou apegada a nada, livre de tudo e de todos. Sofro com as perdas, mas não as carrego comigo.

Se te magoei por ser quem sou, me desculpe. Se não fiz o que você esperava de mim, me desculpe, se não satisfiz suas expectativas, me desculpe, não foi com maldade, eu simplesmente não sou quem você queria que eu fosse!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Respeito é o ato de não fazer aos outros o que jamais gostaríamos que fizessem com a gente.


Tem coisas que não são LEGAIS!!!
Tá sendo divulgado uma foto do Roberto Justus, com a esposa e a filhinha e tão SACANEANDO e escrevendo a frase: 'CEGONHA, VOCÊ ESTÁ DEMITIDA!"
A filinha dele tem a Síndrome de Crouzon. Uma afecção rara que compromete o desenvolvimento do esqueleto cranio-facial.

É uma criança como outra qualquer que deve ser amada e respeitada!!


Existe muitas pessoas idiotas nesse mundo... Fazer o que né.
Independente se for especial ou não... é filho.
E nenhuma mãe gostaria que seu filho fosse vítima de piadinhas de pessoas idiotas e ignorantes.
Dá até uma vontadezinha de mandar essa galera brincar de roleta russa.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Não me contento com a metade. Não existe meio termo em mim.


É difícil me iludir, porque não costumo esperar muito de ninguém.
Odeio dois beijinhos, aperto de mão, tumulto, calor, gente que se acha e quem não sabe mentir direito. Não puxo saco de ninguém, detesto que puxem meu saco também.
Não faço amizades por conveniência, não sei rir se não estou achando graça.


Tenho amor incondicional pelas pessoas que entram em minha vida e, sinceramente, não sei o quanto isso é bom nos dias atuais. Talvez esse seja meu pior defeito. Cazuza.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Carta encontrada!!!


Encontrei uma carta em meu quarto, com alguns papéis...
Bom... não é minha, e sim de uma ex-noiva do meu irmão... mas irei publicar do mesmo jeito...
Achei bem interessante...

" Meu amor ****

Espero que ao receber está carta você esteja completamente preparado para iniciar uma nova vida. Acho que chegou mesmo o momento de nos separarmos, de tudo eu fiz para tentar te conquistar, mas não valeu.
Eu sou muito frágil para permanecer nesse mundo. Por isso amor, estou te dizendo um ADEUS. Não chores e nem se sinta culpado por que foi através de você que eu descobrir verdadeiramente o sentindo de amar. Eu preciso, eu quero mesmo fechar meus olhos para o mundo. Eu te perdi e agora em meu coração existe apenas medo, muito medo de não poder mais te ver depois da morte. Eu me vou ***... Vou na certeza de que você irá ser muito livre, muito feliz.
Olha meu bichinho, você foi tudo de mais bonito e especial que eu tive nesse vida. Eu sei que você não sente o mesmo por mim, mas nem por isso, eu fui infeliz. Ao contrário, você me fez muito feliz. Dói demais está te escrevendo esta última lembrança minha.
Essa foi a única forma que eu encontrei de deixar registrado todo o meu grande amor e também deixar bem claro que você não é culpado por eu estar deixando o mundo.
Essa noite será muito angustiante para mim. Sei que todo o veneno vai machucar todos os meus órgãos. Eu vou sofrer calada e esperar que a morte avance meu corpo deixando em meu coração a tua linda imagem que jamais algo conseguirá apagar.
Eu vou amor...
Ontem eu te vi no jardim. Você estava lindo como sempre. Te olhei profundamente e senti meu olhar te dizer adeus. Você simplesmente me cumprimentou como se nós não estivéssemos vivido tantos momentos de amor. Eu respondi, pois sabia que era a última vez. Não chores, não fique triste.
Saiba, do fundo do meu coração que eu te amo muito.
Você não vai mais ver meus olhos brilharem de amor porque eu não quero mais viver. Quando você me encontrar, estarei com os olhos fechados, eu não mais existirei. Mesmo assim, mesmo estando morta, quero que você ao se aproximar do meu caixão dê-me um forte beijo no rosto, arranje uma rosa branca e deixe-a em minhas mãos. Essa rosa simbolizará todo o amor que está comigo guardado em meu coração e esse amor chamará sempre ********** .
Reze por mim e por favor cheiro não se envolva mais com pessoas tão vulgar como *** você sabe de quem estou falando. Um beijão. Adeus meu eterno e insubstituível amor...
Fique em paz meu amor, reze por mim."

Muito linda essa carta, mas sem dúvida uma decisão não muito inteligente.... :/ Meu irmão não merece isso tudo não... Bom nenhuma pessoa merece isso para falar a verdade.
Que pena que algumas pessoas ainda pensam assim...

sábado, 19 de novembro de 2011

Eu te amo


" Eu te amo " ...

"Eu também" .

Que merda é essa de eu também ? Você também se ama ? '

Quem QUER arruma um jeito. Quem NÃO quer, arruma uma desculpa!


É fato. Não adianta ficar inventando desculpas pra si mesma para justificar o ato (ou a falta dele) de outra pessoa.

Ah, mas ele deve ter pego trânsito, o celular não pega onde ele está, não respondeu a mensagem porque estava muito ocupado, ele trabalha muito, poxa!

hey, para de se enganar, ok?

O fato é que ele NÃO quis e ponto final.

Quando queremos, de verdade, sempre arrumamos um jeito.

Viramos o mundo de ponta cabeça para trocar o plantão, colocamos o chip no celular do amigo quando ficamos sem bateria, pagamos o dobro para pegarmos um táxi e chegar à tempo, atravessamos a cidade para conseguirmos pegar o último ônibus que já estava com o motor ligado, deixamos para trás a festa de aniversário da melhor amiga, pedimos dinheiro emprestado até para quem não gosta da gente.

Quando você QUER, você FAZ acontecer. E faça mesmo! É muito bom quando a gente quer muito uma coisa e temos que virar o mundo pra baixo para conseguir, porque a satisfação de estar alí, dentro daquele último ônibus que você só conseguiu pegar porque saiu correndo com o salto alto na mão, é única, merecedora de um espaço em alguma cena da novela das oito.

Agora quando você NÃO quiser, o melhor a fazer é simplesmente falar que NÃO QUER, oras! A sinceridade, é uma virtude.

Em vez de você ficar inventando um milhão de desculpas, nada melhor do que dizer que simplesmente não está afim. É mais BONITO.

Temos que ter consciência de que a vida é uma só e devemos vivê-la intensamente.

O que pode ser “loucura” para os outros, para você pode ser um momento que se tornará inesquecível, por isso viva e faça o que quiser sem se preocupar com o que os outros dizem ou pensam. O que as pessoas pensam é problema delas!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Não leve a vida tão a sério [...]


De verdade? Eu nunca entende as pessoas... o que elas dizem, nunca correspondem com o que elas fazem, é sério... Nem é pelo fato de eu gostar mais dos animais do que dos seres humanos...
Esses dias resolvi começar a arrumar algumas coisas na minha vida. Mas como? Se nem pra um momento eu consigo... quem dirá uma vida... :/
Bom... só sei que a minha decisão foi tomada. Agora é só colocar em prática...
Deus sabe o que faz...
Mudanças radicais na minha vida sim... mas dessa vez vai ser para meu próprio bem, para me agradar, para me fazer feliz. Chega de querer agradar a todos, eles nunca vão mover um nada pra ver um sorriso em meu rosto... então...
Milhares de coisas estão ocorrendo na minha cabeça, em meus pensamentos.
Quantas pessoas estão falando por causa dessas minhas decisões... mas agrade a quem agradar... eu quero mais é que SE FODA tudo e todos, eu quero mais é ser FELIZ!!! =)
Muitas vezes a vida não é a minha melhor amiga... não mesmo. Quem me vê sempre bem humorada, não sabe nem a metade que se passa dentro de mim. E também nunca vai saber.
Ao meu redor está cheio de pessoas falsas... de mau caráter... que não valem nem o chão que pisam quanto mais meu sofrimento... e nem meu desprezo... essas pessoas eu trato como outras qualquer, não vai fazer a mínima diferença se eu odiar ou amar. Infelizmente sou assim. Ou felizmente... não sei bem...
Sabe pessoas que já não abalam mais a minha vida seja com o que for? Com um eu te amo, ou qualquer outra coisa?? Eu só quero ser feliz e não vai ser essas pessoinhas que vão atrapalhar minha vida... meus ideais... minha felicidade. Minha felicidade está dentro de mim... e aqui dentro ninguém mexe... ninguém tem contato... e ninguém muda nada!!!
Bom... independente do que os outros falam sobre a minha decisão... eu sei o que eu quero pra mim. Ninguém paga minhas contas... ninguém me sustenta... e ninguém tem nada a ver com a minha vida... Com quem eu ando... com quem eu falo... pra onde eu vou... isso é problema meu e diz respeito somente a mim. Se for pra eu julgar os que me rodeiam... estou perdida... é um pior que o outro... mas nem por isso eu saiu falando da vida deles... aceito com defeitos e qualidades e independente do que eles fazem, pois não é um problema meu.
Mas se é pra cuidar da minha vida?? Por favor.... cuide dela bem longe de mim... se acha que algo está errado comigo, problema de vocês, como eu já falei, eu quero mais é que se FODA tudo e todos. Se erro... se vou me dar mal no final é probleminha particular meu e ninguém tem nada a ver com isso!!!
É... cuida da vida de vocês... pelo amor de Deus... que é uma merda... mas faça dela o que bem entenderem, acabem com ela da forma que quiserem... eu não tenho nada a ver com isso... ;)



Quando a vida lhe oferece um sonho muito além de todas as suas expectativas... é irracional se lamentar quando isso chega ao fim!!!

Viva hoje!!!


Viver amanhã é muito tarde.... Viva hoje!!!

Não espere o dia que as pessoas mais importantes de sua vida serão tiradas de você para que você possa demonstrar o quanto elas significam...
Faça alguém feliz hoje...
O amanhã pode não chegar... E você terá perdido uma grande oportunidade de transmitir todo o seu carinho.
Deixe alguém feliz... HOJE... e SEMPRE!!!
E principalmente.....
Seja feliz também!!!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Gripada... :/













Estou tão gripada que meus olhos estão lacrimejando de tanta febre e meu nariz está muito vermelho... E ainda existe os pernilongos...caramba,está cheio de pernilongos aqui e eu estou com insônia. =( Socorro!!! Dou 10 reais por cada ponto positivo que alguém me der pela existência dos pernilongos....
Bom... hoje estou imprestável, além de perder meu cachorro, o Mike.. :/ Eu acordei gripada, o que é uma droga... Pq odeio ficar gripada. =( O engraçado dessa coisa de ficar gripada é que na verdade, você e o mundo sabem que você não tem nada de muito sério... e que em 3 dias você tá boa...


Cheguei em casa... e descobri q meu cachorro morreu!! =( Vou envenenar comida e da pros meus vizinhos. Não sei quem matou meu cachorro... então vou fazer uma festinha e chamar a vizinhança toda... Certos tipos de pessoas merecem uma morte, lenta, sangrenta, dolorosa, e com tudo de bom (:
--------------------><--------------------

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

PACIÊNCIA:


No parque, uma mulher sentou-se ao lado de um homem.

Ela disse: Aquele ali é meu filho, o de suéter vermelho deslizando no escorregador.

- Um bonito garoto - respondeu o homem - e completou:

- Aquela de vestido branco, pedalando a bicicleta, é minha filha.

Então, olhando o relógio, o homem chamou a sua filha.

- Melissa, o que você acha de irmos?

Mais cinco minutos, pai. Por favor. Só mais cinco minutos!

O homem concordou e Melissa continuou pedalando sua bicicleta, para alegria de seu coração.

Os minutos se passaram, o pai levantou-se e novamente chamou sua filha:

- Hora de irmos, agora?

Mas, outra vez Melissa pediu: - Mais cinco minutos, pai. Só mais cinco minutos!

O homem sorriu e disse:

- Está certo!

- O senhor é certamente um pai muito paciente

- comentou a mulher ao seu lado.

O homem sorriu e disse:

- O irmão mais velho de Melissa foi morto no ano passado por um motorista bêbado,quando montava sua bicicleta perto daqui. Eu nunca passei muito tempo com meu filho e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com ele.

Eu me prometi não cometer o mesmo erro com Melissa.

Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta. Na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-lá brincar...

Em tudo na vida estabelecemos prioridades. Quais são as suas?

Lembre-se: nem tudo o que é importante é prioritário, e nem tudo o que é necessário é indispensável!

Dê, hoje, a alguém que você ama mais cinco minutos de seu tempo.


Todo dia, durante anos, quando Salim chegava em casa, sua doméstica Jacira servia o jantar e ia tomar banho.

Até que um dia, Salim estava jantando e ficou ouvindo o barulho da água, pensando na Jacira tomando banho. Estava sozinho em casa, mulher e filhos viajando. Mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho... Mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho... Mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho.... Até que se levantou da mesa e foi até o banheiro.

Bateu na porta: - Jacira, você está tomando banho?

- Estou sim seu Salim.

- Jacira, abre a porta pra Salim.

- Mas seu Salim, estou nua!

- Jacira, abre a porta pra Salim. - Jacira, abre a porta pra Salim. - Jacira, abre a porta pra Salim. - Jacira, abre a porta pra Salim.

Jacira não resiste e acaba abrindo a porta. Salim entra no banheiro, vê a Jacira nua e pergunta:

- Jacira, quer foder com Salim?

- Mas seu Salim..., eu não sei se...!!!

- Jacira, quer foder com Salim?

- Sim, quero sim seu Salim, pode vir que sou toda sua... Então Salim põe a mão no registro e diz:

- Não vai foder Salim não!!! Chega de gastar água.

Pensou besteira neh! Kkkk O negócio é parar de pensar besteira e economizar água!

CAMPANHA PARA ECONOMIZAR ÁGUA (MUITO BOA).

sábado, 12 de novembro de 2011


Me deixa ser egoísta. Me deixa fazer você entender que eu gosto de mim e quero ser preservada. Me deixa de fora de suas mentiras e dessa conversa fiada. Eu sou uma espécie quase em extinção: eu acredito nas pessoas. E eu quase acredito em você. Não precisa gostar de mim se não quiser. Mas não me faça acreditar que é amor, caso seja apenas derivado. Não me diga nada. (Ou me diga tudo). Não me olhe assim, você diz tanta coisa com um olhar. E olhar mente, eu sei! E eu sei por que aprendi. Também sei mentir das formas mais perversas e doces possíveis. (Sabia?) Mas meu coração está rouco agora. GRAVE! Você percebe? Escuta só como ele bate. O tumtumtum não é mais o mesmo. Apesar de tudo ser um pouco verdade. O problema não é esse. Eu não me contento com pouco. (Não mais). Eu tenho MUITO dentro de mim e não estou a fim de dar sem receber nada em troca. Essa coisa bonita de dar sem receber funciona muito bem em rezas, histórias de santos e demais evoluídos do planeta. Mas eu não moro em igreja, não sou santa, não evoluí até esse ponto e só vou te dar se você me der também.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Bom... eu recebi isso na caixa da verdade...

E várias outras coisas da mesma pessoa, eu achei engraçado... e eu não sei pq eu vou postar aqui. Talvez pq não tenha mais nada pra fazer... Mas é tipo assim... QUE??? Eu não sou ciumenta... e esse povo querendo me fazer ciúmes??? (rs

Eu não tenho ciúmes, pq eu não sou ciumenta. Não mesmo... Tipo... eu só não gosto que respirem perto de quem é meu... =)

Às pessoas que convivem comigo sabem que eu não sou ciumenta, mas se eu pudesse dar um tiro na cabeça de cada uma que chama meu namorado de meu e fica dando em cima dele... eu daria. Sem dó... :)

O meu consolo são as minhas amigas, e isso é sério. Pq toda vez

que me acho muito ciumenta, vejo as minhas amigas e penso " Sou

Normal".

Bom... o importante é que agora as pessoas sabem que eu não sou ciumenta.

Pessoas???

humm...

Ninguém lê o meu blog... então teoricamente falando... eu mesma vou ficar sabendo que eu não sou ciumenta???


Coisa estranha... kkkkkkkk


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Alarmes de Madrugada... :/


Mas eu peço que hoje as pessoas não demore muito para ouvir os alarmes dos seus carros... pq eu vou desejar uma morte lenta e dolorosa para todas as pessoas que não escutam o barulho infernal do alarme e deixam tocando durante horas. Ontem eu pensei em ir lá bater no carro com um taco de baseball até o alarme parar. De baby doll. Será que iria pega mal? Só que eu lembrei, que eu não tenho taco de baseball.. e também era dia de Finados... vai que era um Finado que tava com vontade de dirigir??? Não sei pq to postando isso.. kkk


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Deram rebite pro cachorro! Só pode..


Caralho meu, essa merda não dorme. Deram rebite pro cachorro! Só pode. Agora eu fico aqui... acordada.. e tô parecendo um ZUMBI ... É... eu descobri que eu não sirvo para cuidar... pq já deu vontade de jogar ele no vaso...pessoas que tem o dom de cuidar... Não tem esse pensamento! Existem pessoas que tem este dom naturalmente e outras que aprendem a desenvolver... pelo que eu estou percebendo.. Não tenho nem um dos dois. Agora são 06:14 da madrugada... e eu ainda não dormi.




Esse da foto não é o cachorro , claro, mas o pestinha parece muito com esse da foto, só que cinza.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Não fomos criados para perdoar a traição. Não faz parte da educação e nem da cultura brasileira. Apesar disso, conheço muita gente que já perdoou uma traição e hoje continua bem, junto de quem ama e muito feliz. Inadmissível? Fraqueza de quem perdoa? Quem somos nós para julgar o que uma pessoa decide para a vida dela? Quem somos nós para saber o que está em jogo? A verdade não tem dono e ninguém conhece melhor uma dor do que a própria pessoa que sente.

O amor pode ser perfeito para os anjos, mas nós somos humanos e o nosso amor também erra. Até mesmo o amor de pais para filhos, considerado o mais puro que existe, pode ser egoísta e possessivo.

Quando penso nisso, alguma coisa dentro de mim diz que uma traição é algo imperdoável. Seja ela qual for. Porque fere a minha confiança e depois disso vai ser difícil reconstruir. No entanto, se eu revirar meu passado, lembrarei de tantas vezes que perdoei quando confiei em alguém e me senti traída por algum motivo. Pediram desculpas e eu disse sim. A única diferença é que não eram meus namorados. Não eram MEUS.

E se meu namorado me traísse? Não, eu não perdoaria. Não conseguiria. Mas ao invés de considerar as pessoas que perdoam como tontos e idiotas, considero como pessoas melhores do que eu. Porque depositaram mais um voto de confiança no amor, apesar das fraquezas humanas.


sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Ironias do destino...


Nunca quis causar a dor de ninguém... Nunca quis que ninguém virasse e falasse que eu era o motivo de todo sofrimento, ou até mesmo que ciclano havia chorado por tudo que fiz... Eu.. que sempre fui tão orgulhosa... Não consigo pensar em algo realmente bom sobre as pessoas... Me sinto melhor vendo o que errei... gosto de analisar... gosto do silêncio... e gosto de fingir de indiferente. Gosto do impossível, e eu amo as ironias do destino!!!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Um menino tinha uma cicatriz no rosto, as pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado, na realidade quando os colegas de seu colégio o viam, franziam a testa devido à cicatriz ser muito feia. Então, a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não frequentasse mais o colégio, o professor levou o caso à diretoria. A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão: Que não poderia expulsar o menino, e que conversaria com ele. Ele seria o ultimo a entrar em sala de aula, e o primeiro a sair, desta forma nenhum aluno via o rosto do menino, a não ser que olhassem para trás. O professor achou magnífica a idéia da diretoria, sabia que os alunos não olhariam mais para trás. Levado ao conhecimento do menino da decisão ele prontamente aceitou a imposição do colégio, com uma condição: Que ele compareceria na frente dos alunos em sala de aula, para dizer o por quê daquela cicatriz. A turma concordou, e no dia o menino entrou em sala, dirigiu-se a frente, e começou a relatar: Sabe turma, eu entendo vocês, na realidade, esta cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri: Minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação de casa, ela passava roupa para fora, eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade… A turma estava em silencio atenta a tudo. O menino continuou: Além de mim, haviam mais 3 irmãozinhos, um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida. Foi aí que não sei como, a nossa casa que era muito simples, feita de madeira, começou a pegar fogo, minha mãe correu até o quarto em que estávamos pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira, pegavam fogo e estava muito quente… Minha mãe colocou-me sentado no chão do lado de fora e disse-me para ficar com eles até ela voltar, pois ela foi pegar a minha irmãzinha que continuava lá dentro da casa em chamas. Só que quando minha mãe tentou entrar na casa, as pessoas que estavam ali, não a deixaram entrar, eu via minha mãe gritar: “Minha filhinha está lá dentro!” Vi no rosto de minha mãe o desespero, o horror e ela gritava, mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha… Foi aí que decidi. Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e disse-lhe que não saísse dali até eu voltar. Saí de entre as pessoas, sem ser notado e quando perceberam eu já tinha entrado na casa. Havia muita fumaça, estava muito quente, mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava. Quando cheguei lá ela estava enrolada em um lençol e chorava muito… Neste momento vi caindo alguma coisa, então me joguei em cima dela para protegê-la, e aquela coisa quente encostou-se em meu rosto… A turma estava quieta atenta ao menino e envergonhada então o menino continuou: Vocês podem achar esta cicatriz feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha, me beija porque sabe que é uma marca de amor. Vários alunos choravam, sem saberem o que dizerem ou fazerem, mas o menino foi para o fundo da classe e imovelmente sentou-se.



Tenho dó de quem não leu por preguiça.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011


Meu Chiclety... agradeço a Deus por ter colocado vc em minha vida. Meu amor... desculpe as vezes que a titia fica brava com vc, ou não tem paciência. É coisa de adulto, sabe? Mas com vc estou aprendendo exercitar a paciência. Mas deixa eu falar... (TU TBM É PERTURBADO VIUUU).. (rs E se fico brava é para te ensinar que nem tudo na vida a gente pode. Vou ter que colocar limites, mas saiba que faço pelo seu bem..

Quero te ensinar o melhor caminho, não o mais fácil, mas o que te traga mais felicidade. Faço tudo para que vc seja um homem de bem... além de muito, muito, muito amor!

Meu perturbado... hoje vc completa 7 anos de muitos! E quem ganha o presente sou eu! Obrigada meu amor!

Te amo muito meu Chiclety Perturbado... Parabéns meu amor =)

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Saudades

Pois é, hoje faz 1 ano que a minha vozinha faleceu, e hoje pra mim é um dia de sofrimento, de maior tristeza,(só de lembrar a imagem do meu irmão) =(

O tempo passou muito rápido, e eu nem consigo acredita que a ficha ainda não caiu, que hoje faz 1 ano que eu to vivendo sem a minha avó :/

Realmente é difícil de acreditar, mais eu tenho que encarar, e ter forças pra acreditar nessa realidade :x A senhora esta deixando muuuuuuuitas SAUDADES, mais muuuuuuitas mesmo, eu sempre me lembro da senhora, em qualquer momento, só bate a tristeza e a dor, você realmente me deixou mas no meu coração pra sempre irei me lembrar e sempre vai está guardado com muito carinho :/ dói demais, dói demais mesmo, tenho nem palavras pra explicar esse sofrimento, dessa dor que eu sinto pela senhora.Meu luto pela senhora é eterno.

Nunca serás esquecida, não é porque você se foi, mais pra sempre irei me lembrar, em qualquer lugar e em qualquer momento de minha vida :$
Queria ter aproveitado mas o tempo ao seu lado (...) Hoje você não está entre nós, mas ficará para sempre guardada em meu coração :$

segunda-feira, 18 de julho de 2011


Quem me conhece sabe que eu tenho um medo... pânico... pavor absurdo de injeção.

Sentei direitinho e a enfermeira lá procurando minha veia...

Ela ainda estava procurando meu... se a minha veia é fácil de achar... E ela lá amarrando a borrachinha e batendo no meu braço... aff ninguém merece... quase que eu levanto e saiu correndo... poxa a enfermeira tava cega e ainda queria colocar um cateter em mim???

E não é q a filha da puta inexperiente da enfermeira estourou as minhas veias??

Vai ela de novo... pede o outro braço... amarra a borrachinha e bate.. bate... bate.. (rsrs

Eu odeio isso... dava pra sentir as mãos dela forçando pra não tremer...

Ai não neh... foi ai q meu irmão entrou no meio... e me “salvou” daquela enfermeira cega... ou inexperiente.. tanto faz...

Ok... não tomei a injeção... mesmo assim aquela filha da puta.. deixou marcas em meu braço...

O resultado é que até hoje estou com três marcas roxas no meu braço... Duas no lugar onde as veias estourou... e a outra uns 10cm pra baixo...

Essa aí mais embaixo é que eu não entendi.

E eu com minha imaginaçãozinha fértil e meu zero de exagero estou pensando nesse pequeno coágulo migrando pelo meu corpo... me causando uma embolia... ou um aneurisma..

E é lógico que ninguém liga pra isso...

Mass... se eu sumir daqui... vc’s já sabem que eu morri....





É que eu sou tão chata, errada, imperfeita, bagunçada, tão cheia de defeitos... que às vezes é bem difícil acreditar que alguém poderia gostar de mim!

Apena me aceite!!!


Carinhosa que não vive sem a atenção das pessoas que ama. Tem ciúmes até do ar que respira, e adora um drama. Sempre consegue o que quer através de birra, e nunca diz quando está chateada. Ela se irrita com a mesma facilidade que respira, e quando não está bem, nem chegue perto. Às vezes uma pequena frase, ou apenas uma palavra vinda de alguém importante, muda completamente seu dia. Extremamente sentimental, leva a sério tudo o que é falado e se magoa com facilidade. Aprendeu que muitas vezes se perde coisas importantes, pessoas, oportunidades, chances e momentos que não voltam, apenas pelo medo de arriscar. Não suporta que a comparem. Tem nojo de falsidade e alergia a mentiras. Ela também é super protetora com as pessoas que gosta e faz de tudo por elas... Enfim, se me quer por perto, não tente me entender, apenas me aceite.

domingo, 10 de julho de 2011


Nunca falei a ninguém sobre o afastamento que tem entre minha mãe e eu...
Em vez disso... concentrei minha atenção nos meus sobrinhos... em silêncio, tentando ocultar meu desapontamento com a minha mãe pela devoção ao Junio. Mesmo no silêncio, porém devo assumir a culpa. Em circunstâncias normais... minha mãe nunca me permitiria perceber seu desapontamento... por qualquer coisa... mas desta vez foi demais para disfarçar.Em sua presença, sinto-me continuamente a esmola o prazer de sua companhia.Pelo menos quando estou escrevendo posso achar que alguém me escuta... Quando estou com ela... sei que não é isso que acontece!!!!

sexta-feira, 8 de julho de 2011


Ele: O que aquele cara queria com você?
Ela: Ele queria saber o que é preciso para me conquistar!,
Ele: Que ridículo, e o que você respondeu?
Ela: Que ele precisaria ser você.

domingo, 12 de junho de 2011


Eu? Tem certeza que sou eu? ? Você não viu, quando eu fecho os olhos, quando eu encosto a porta do meu quarto, eu choro, aquilo são lágrimas sabia? As mais duras lágrimas, pode acreditar...Tá difícil, a barra tá pesada... :(

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Conversas de duas crianças "modernas"


— E aí, véio? — Beleza, cara? — Ah, mais ou menos. Ando meio chateado com algumas coisas.
— Quer conversar sobre isso? — É a minha mãe. Sei lá, ela anda falando umas coisas estranhas, me botando um terror, sabe? — Como assim? — Por exemplo: há alguns dias, antes de dormir, ela veio com um papo doido aí. Mandou eu dormir logo senão uma tal de Cuca ia vir me pegar. Mas eu nem sei quem é essa Cuca, pô. O que eu fiz pra essa mina querer me pegar? Você me conhece desde que eu nasci, já me viu mexer com alguém? — Nunca. — Pois é. Mas o pior veio depois. O papo doido continuou. Minha mãe disse que quando a tal da Cuca viesse, eu ia estar sozinho, porque meu pai tinha ido pra roça e minha mãe passear. Mas tipo, o que meu pai foi fazer na roça? E mais: como minha mãe foi passear se eu tava vendo ela ali na minha frente? Será que eu sou adotado, cara? — Como assim, véio?
— Pô, ela deixou bem claro que a minha mãe tinha ido passear. Então ela não é minha mãe. Se meu pai foi na casa da vizinha, vai ver eles dois tão de caso. Ele passou lá, pegou ela e os dois foram passear. É isso, cara. Eu sou filho da vizinha. Só pode! — Calma, maninho. Você tá nervoso e não pode tirar conclusões precipitadas. — Sei lá. Por um lado pode até ser melhor assim, viu? Fiquei sabendo de umas coisas estranhas sobre a minha mãe. — Tipo o quê? — Ela me contou um dia desses que pegou um pau e atirou em um gato. Assim, do nada. Maldade, meu! Vê se isso é coisa que se faça com o bichano! — Caramba! Mas por que ela fez isso? — Pra matar o gato. Pura maldade mesmo. Mas parece que o gato não morreu. — Ainda bem. Pô, sua mãe é perturbada, cara. — E sabe a Francisca ali da esquina? — A Dona Chica? Sei sim. — Parece que ela tava junto na hora e não fez nada. Só ficou lá, paradona, admirada vendo o gato berrar de dor. — Putz grila. Esses adultos às vezes fazem cada coisa que não dá pra entender. — Pois é. Vai ver é até melhor ela não ser minha mãe mesmo… Ela me contou isso de boa, cantando, sabe? Como se estivesse feliz por ter feito essa selvageria. Um absurdo. E eu percebo também que ela não gosta muito de mim. Esses dias ela ficou tentando me assustar, fazendo um monte de careta. Eu não achei legal, né. Aí ela começou a falar que ia chamar um boi com cara preta pra me levar embora. — Nossa, véio. Com certeza ela não é sua mãe. Nunca que uma mãe ia fazer isso com o filho. — Mas é ruim saber que o casamento deles não está dando certo… Um dia ela me contou que lá no bosque do final da rua mora um cara, que eu imagino que deva ser muito bonitão, porque ela chama ele de ‘Anjo’. E ela disse que o tal do Anjo roubou o coração dela. Ela até falou um dia que se fosse a dona da rua, mandava colocar ladrilho em tudo, só pra ele passar desfilando e tal. — Nossa, que casamento bagunçado esse. Era melhor separar logo.
— É. só sei que tô cansado desses papos doidos dela, sabe? Às vezes ela fala algumas coisas sem sentido nenhum. Ontem mesmo, ela disse que a vizinha cria perereca na gaiola… já viu… essa rua só tem doido… — Ixi, cara. Mas a vizinha não é sua mãe?
— É mesmo! Tô ferrado de qualquer jeito.

domingo, 22 de maio de 2011

Sou como uma flor...


Sou uma flor, muito sensível. Uma flor que precisa ser amada.
Precisa ser regada, contemplada, cuidada, bem tratada.
Todos os dias necessito de água. Assim como necessito de amor.
Um bom adubo, um bom fertilizante, para que minhas pétalas venham,
desabrochar, com todo seu vigor. :)

Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada. Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranquilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase? Confesso: eu não consigo. Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama. E eu vou... Com o coração na mochila, o lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou... Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora. Existe aí algum remedinho para não-sentir? Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento? Quer saber? Existe. Existe e eu preciso. Preciso e não quero.

sábado, 14 de maio de 2011

Paulinho e Teka... Meus amores ♥


Para PAULO SERGIO & JESSICA ESTEFANNY!!!

Eu amo vc's, sinto muita falta de vc's, gostaria muito de ter vc's aki.
Vc's são importantes pra mim, a felicidade de vc's é importante pra mim. Desejo de todo o coração que vc's sejam tão felizes quanto eu, que tenham saúde e muito amor... E lembrem-se q sua tia vai esta aki pra qualquer coisa... O segredo dessa vida meu amores é não esquecer de onde viemos, nem o que aprendemos quando criança. Como gostaria q participem mais da minha vida!!!
De verdade? Sobre vc's dois eu não tenho palavras pra falar. Eu sinto tanta, mas tanta falta de vc's q não sei nem o que falar. Amo vocês, de coração.

SAUDADES PAULINHO E TEKA


sexta-feira, 13 de maio de 2011

INTENSAMENTE


*"*
Uma pessoa que vive a vida INTENSAMENTE . . . Que a ama do jeito que é, com
seus altos e baixos ! Não gosto das quedas, mas amo a forma que as supero .


*"* Sou menina, moleca, divertida, engraçada,
sensível, mas sei ser mulher, séria, forte e responsável !


*"*AMO as coisas simples da vida e sou
impulsionada 100% pelo amor que tenho pelas pessoas mais importantes dela.


*"* Sou de muitos colegas, e poucos amigos e
até que me provem o contrário, confio ao máximo ! Não suporto dúvidas,
inseguranças, bem como não vivo de achar que o mundo se resume a pessoas
maliciosas . . .


*"* Sou feliz assim: Acreditando, confiando,
sendo positiva e vendo sempre o lado bom de tudo !


*"* Não me engane, sei ser radical também ;
Não me iluda, vivo de sonhos reais, de realizações e de correr atrás do
possível .


*"* Amo minha família ! Minha mãe é a mulher
mais perfeita que conheço . . . Com ela aprendi que não existe o fim do mundo,
pois todo dia é um novo começo. Se sou forte, é porque não dá para baixar a
cabeça perto de um Ser que vive e sobrevive do meu abraço. Meus sobrinhos são minhas relíquias, com eles só me tornei ainda
mais pura e quero vencer muito para enchê-lo de orgulho, eles acreditam d+ em
mim. Meus irmãos as vezes se tornam pai; Bate o pé, grita, mas tudo isso é AMOR, eles são lindos. Meu pai será sempre o meu eterno
Herói. Meu irmão é novinho, mas sei que será um grande amigo e motivo de
orgulho. Meus tios e primos me vêem sempre como uma menina sensível, mas se
surpreendem quando me torno forte, é nítido.


*"*
Sou filha da vida e amo tudo que
ela pode me proporcionar .


*"* Não consigo fingir, sou muito espontânea
e sei que pago um preço por isso, mas quer saber ? ! Sou feliz assim =)